17 de jul de 2013

Quem falou que seria fácil?!! Eu Acredito!!!




Falaa, Massa!!

Quem não acreditar, não é Atleticano ou não conhece a história do Atlético. Há 8 anos atrás estávamos na pior, nessa época a nossa torcida era para o time sair da zona de rebaixamento e nunca largamos o time, e não será agora, em uma FINAL de libertadores que vamos deixa-lo na mão. Estamos com o Galo, Acreditamos, topamos qualquer parada para ver esse time campeão. Mas para isso os jogadores tem que acreditar, colocar o coração na chuteira, se entregarem em campo, e dar RAÇA.

"Como não acreditar nos milagres de Victor, no gigantismo de Leonardo Silva, na liderança de Réver? Por que não crer na raça de Pierre, Josué e Leandro Donizete, e na dedicação de Luan? Quem duvida da genialidade de Ronaldinho, da alegria nas pernas de Bernard, do talento de Diego Tardelli e do instinto artilheiro de Jô? É preciso acreditar na camiseta da fé de Cuca, no grito, no choro e nas orações da Massa.


O Galo perdeu por 2 a 0. Saiu atrás do Olimpia na decisão da Libertadores, com o baque de um gol a dez segundos do fim, em cobrança de falta de Pittoni, aquele que atuou pelo Figueirense. A história do time neste torneio, contra São Paulo, contra o pênalti do Tijuana, contra a vantagem do Newell’s, mostra que é preciso, é um compromisso acreditar no título." (Por: Alexandre Lozentti, GloboEsporte.com)


OLIMPIA 2 X 0 ATLÉTICO

Motivo: primeiro jogo da final da Copa Libertadores
Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção
Data: quarta-feira, 17 de julho
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Assistentes: Hernán Maidana e Juan P. Belati (ambos da Argentina)
Gols: Alejandro Silva, 22min do 1ºT; Pittoni, aos 48min do 2ºT
Cartões amarelos: Matías Gimenez, Miranda, Alejandro Silva, Pittoni (OLI); Josué, Richarlyson, Marcos Rocha (ATL)
Cartão vermelho: Richarlyson

OLIMPIA
Martín Silva; Candia, Manzur, Miranda e Benítez; Pittoni, Aranda, Matías Gimenez (Ferreyra) e Alejandro Silva; Salgueiro (Paredes) e Bareiro
Técnico: Hugo Ever Almeida

ATLÉTICO
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Richarlyson; Pierre, Josué, Ronaldinho Gaúcho (Guilherme) e Diego Tardelli; Luan (Rosinei) e Jô (Alecsandro)
Técnico: Cuca

Saudações Alvinegras!

  @SamukaS9   

0 comentários:

Postar um comentário