25 de jul de 2013

É NOSSO!!! GALO É CAMPEÃO DA TAÇA LIBERTADORES 2013

(Foto: Vanderlei  Almeida)

FALAA, MASSA!!!

É NOSSOOOOOOOOO, É CAMPEÃO!!!!!!!!!!

Foi sofrido, mas a Copa Libertadores de 2013 tinha que ser do Galo. Time que superou várias dificuldades, momentos de instabilidade e muita pressão contrária. Mas sempre contou com o apoio de uma nação, para dar a volta por cima. E a união mais uma vez funcionou. O Atlético derrotou o Olimpia por 2 a 0 no tempo normal, nesta quarta-feira, no Mineirão, e faturou o título nos pênaltis, depois de empate sem gols na prorrogação. O Galo converteu todas as cobranças, com Alecsandro, Guilherme, Leonardo Silva e Jô. Miranda e Gimenez desperdiçaram. Victor pegou a primeira delas e foi, de novo, o herói. Festa da massa no novo caldeirão alvinegro, o Gigante da Pampulha.

Depois de 105 anos, em 2013 o Galo coroou a rica história conquistando a América. Mais um capítulo da saga alvinegra, com muito sofrimento da torcida, dessa vez recompensada com a taça inédita, que põe o time alvinegro na rota das grandes competições. No fim do ano, em dezembro, será o representante do continente no Mundial Interclubes, no Marrocos.

O título, que ficou em xeque depois da derrota por 2 a 0 no primeiro duelo contra o Olimpia, em Assunção, na semana passada, veio em mais uma jornada sofrida, de grande determinação dos jogadores – e orações do técnico Cuca à beira do campo. Com muita raça e disposição, o Galo deu a volta por cima em casa, em um Mineirão lotado, com quase 60 mil presentes. No fim, a festa completa, com o triunfo nos pênaltis, depois de 2 a 0 no tempo regulamentar, gols de Jô e Leonardo Silva, ambos no segundo tempo.

A torcida deu um show à parte. Jamais desacreditou, nem mesmo com o empate sem gols no primeiro tempo. Os gritos de ‘Eu acredito’ impediram qualquer desconfiança. Mais uma peça importante e emblemática da vitoriosa campanha alvinegra na Libertadores de 2013, marcada por percalços a serem superados – como diz o eterno hino escrito por Vicente Motta, 'Lutar, Lutar, Lutar'. E isso o Galo soube fazer como ninguém nesta competição.

(Fonte: Super Esportes)


FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO
Victor; Michel (Alecsandro), Leonardo Silva, Réver e Junior Cesar; Pierre (Rosinei), Josué, Ronaldinho Gaúcho, Diego Tardelli (Guilherme) e Bernard; Jô
Técnico: Cuca
OLIMPIA
Martin Silva; Ricardo Mazacotte, Manzur, Hermínio Miranda e Candia; Wilson Pittoni, Benitez, Aranda e Alejandro Silva (Gimenez); Salgueiro (Carlos Baéz) e Bareiro (Ferreyra)
Técnico: Ever Hugo Almeida

Motivo: final da Copa Libertadores
Data e local: quarta-feira, 24 de julho, Mineirão
Árbitro: Wilmar Rondan (COL)
Auxiliares: Humberto Clavijo (COL) e Eduardo Ruiz (COL)
Cartões amarelos: Bernard, Luan (ATL) e Benitez, Manzur, Salgueiro (OLI)
Cartão vermelho: Benitez
Gol: Jô, 1, Leonardo Silva, 41min do 2tempo
Público: 56.557 (pagantes), 58.620 presentes
Renda: R$ 14.176,146

GOLS


Saudações Alvinegras!

É CAMPEÃÃÃOOOOOOO... É CAMPEÃÃÃOOOOOOOO

  @SamukaS9   

1 comentários:

Somente um Clube organizado, mobilizado, motivado poderia despertar essa gigante ATITUDE que, na maioria das vezes, se encontra adormecida dentro de cada um de nós. Seja muito bem vinda, ATITUDE! É campeão... É campeão... A taça da América é nossa! Sou atleticano, não há quem possa... www.euvistoacamisadogalo.com.br

Postar um comentário