30 de mai de 2013

São Victor salva o Galo, e garante a classificação

Victor o herói da classificação alvinegra. (Foto: GloboEsporte.com)

Falaaaa, Massaa!!!


A torcida  do Galo viveu um dos momentos mais dramáticos da história de 105 anos do clube. Por alguns centímetros ele esteve próximo de ser a mais recente vítima da maldição que tem imposto aos adversários no Independência: “Caiu no Horto, tá morto!” Na noite de milhares de mascarados à la Pânico, o Galo até merecia perder o jogo para o valente Tijuana, mas, em contradição digna desse fascinante esporte que é o futebol, seria injusto se despedir de uma Libertadores na qual encantou tantas vezes.

A partida contra os mexicanos é o que menos importa. A massa, que saiu em êxtase do estádio, tem mais é que comemorar o milagre do Horto, protagonizado por São Victor. Primeiramente numa defesa arrojada na marca do pênalti. Por último, nos acréscimos, ao se atirar para o lado certo e deter a cobrança de pênalti de Riascos.

A vaga nas semifinais caiu no colo de quem mais a mereceu pela campanha, apesar de o Pânico quase ter dado lugar ao pesadelo. Campeão também se faz com sorte. E essa, ao que parece, anda vestida de preto de branco. (Texto retirado do portal Super Esportes).

Notas

Victor: 11
Marcos Rocha: 6
(Josué: 6)
Léo Silva: 6

Réver: 6,5
Richarlyson: 6
Pierre: 7
Donizete: 6
Tardelli: 6
Bernard: 6
(Luan:6)
Ronaldinho: 6
Jô: 6
(Alecsandro: 6)


ATLÉTICO 1 X 1 TIJUANA

ATLÉTICO
Victor; Marcos Rocha (Josué), Leonardo Silva (Gilberto Silva), Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Diego Tardelli, Ronaldinho Gaúcho e Bernard (Luan); Jô (Alecsandro)
Técnico: Cuca

TIJUANA
Cirilo Saucedo; Olivier Ortíz (Fidel Martinez), Javier Gandolf, Pablo Aguillar; Juan Carlos Nuñez, Cristian Pellerano, Fernando Arce, Richard Ruiz (Marquez) e Edgar Castillo; Duvier Riascos e Alfredo Moreno (Piceno)
Técnico: Antonio Mohamed

Motivo: Jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores
Estádio: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: Quinta-feira, 30 de maio
Gols: Riascos, 25min; Réver, 40min do 1ºT
Árbitro: Patricio Polic (CHI)
Auxiliares: Juan Maturana e Raul Orellana (CHI)
Pagantes: 20.988
Renda: R$ 1.771.865,00
Cartões amarelos: Marcos Rocha, Victor, Leonardo Silva, Gandolfi, Pellerano
Cartão vermelho: Réver

GOLS

Saudações Alvinegras!

  @SamukaS9


0 comentários:

Postar um comentário