19 de mai de 2013

Galo é o primeiro CAMpeão no novo Mineirão

(Foto: Juarez Rodrigues)


Falaa, Massa!!!

É CAMPEÃÃOOOOO, É CAMPEÃÃOOOOOO!!!!!

Os dois times dividem os corações dos torcedores mineiros. De um lado, aqueles da camisa azul. Do outro, os que usam a de listras pretas e brancas. Mas, no principal e maior palco do futebol de Minas Gerais, eles não estavam em igualdade. Nas arquibancadas, que tinham 42.142 pagantes, quase 90% vestiam o uniforme estrelado. Em campo, eles estavam em igualdade, mas quem comemorou no Mineirão foi a minoria. E milhões de atleticanos Brasil afora. Apesar da vitória de 2 a 1 do Cruzeiro no clássico, em um jogo de três pênaltis, o título ficou com o Atlético que, no primeiro jogo, venceu por 3 a 0.


Para chegar ao título, o Cruzeiro precisava do mesmo placar, pelo menos. Como teve a melhor campanha na fase classificatória, jogava por dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols. A pressão foi grande, mas o anticlímax para a torcida cruzeirense veio no pênalti convertido por Ronaldinho Gaúcho, aos 32 do segundo tempo. Resultado que confirmou o título do Galo.

O camisa 10 alvinegro, um dos mais empolgados na comemoração, afirmou que vive um novo momento na carreira.

- Chegar aqui, ganhar título, ver minha carreira dar mais um upgrade... Faltam seis meses de trabalho, mas o título é para coroar esse um ano maravilhoso aqui.

Título estadual definido, as duas equipes, agora, se dedicam nesta semana a competições diferentes. O Cruzeiro, na quarta-feira, pega o Resende, no jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, às 22h (de Brasília), no Mineirão. No dia seguinte, quase na fronteira com os Estados Unidos, o Galo pega o Tijuana-MEX, às 21h30m, na primeira partida das quartas de final da Taça Libertadores.


CRUZEIRO X ATLÉTICO

CRUZEIRO
Fábio; Ceará (Mayke, aos 26 do 2ºT), Paulão, Leo e Egídio; Leandro Guerreiro, Nilton, Diego Souza (Ricardo Goulart, aos 14 do 2ºT) e Everton Ribeiro; Dagoberto e Borges (Anselmo Ramon, aos 20 do 2ºT).
Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO
Victor; Marcos Rocha, Gilberto Silva, Réver e Richarlyson; Josué, Leandro Donizete, Diego Tardelli (Leonardo Silva, aos 39 do 2ºT), Ronaldinho Gaúcho e Bernard (Luan, aos 22' do 2ºT); Jô (Alecsandro, aos 26 do 2ºT).
Técnico: Cuca

Motivo: Jogo de volta da decisão do Campeonato Mineiro
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: Domingo, 19 de maio

Gols: Dagoberto, aos 17' e 31' do 1ºT; Ronaldinho Gaúcho, aos 33 do 2ºT

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (Fifa/RJ) e Rodrigo F. Henrique Correa (Fifa/RJ) 

Cartões amarelos: Gilberto Silva, aos 16', e Borges, aos 44' do 1ºT; Ronaldinho Gaúcho, aos 5', Leandro Guerreiro, aos 10', Diego Souza, aos 13', Nilton, aos 38, Leandro Donizente, aos 41' do 2ºT

Cartão vermelho: Luan, aos 44 do 2ºT

Público Pagante: 42.142
Público Presente: 45.198
Renda: R$ 1.774.410,00

GOLS

Granada do R10

Saudações Alvinegras!
 

  @SamukaS9

0 comentários:

Postar um comentário