12 de fev de 2013

Pela Libertadores Atlético recebe o São Paulo com promessa de um jogaço

De volta à Copa Libertadores depois de 13 anos, o Atlético-MG tem, pela frente, um adversário comum nas quatro participações alvinegras no torneio continental. O São Paulo foi rival do Galo nas edições de 1972 e de 1978. E, mesmo tendo de estrear contra um gigante do futebol   mundial, o Alvinegro mineiro tem, na história, o ponto positivo de nunca ter perdido para o tricampeão mundial, justamente no torneio que mais agrada aos Tricolores.


Fala, Massa!!!
O Galo estreia na Taça Libertadores 2013, após 13 anos longe da competição continental, com o pensamento de começar com o pé direito a caminhada rumo ao título inédito. O primeiro desafio será nesta quarta-feira, a partir das 22h (de Brasília), contra o São Paulo, no Independência.


A última vez que o Atlético disputou a Libertadores foi em 1999. O time parou nas quartas-de-final e neste ano disputará pela quinta vez o torneio. A melhor campanha foi em 1978, quando o time foi eliminados na semifinais, num grupo em que estavam Boca Juniors e River Plate.

Em Libertadores, o Galo enfrentou o São Paulo quatro vezes. Foram três empates e uma vitória, nas edições de 1971 e 1978. Além disso, dentro do Independência, o Atlético ainda não sabe o que é perder. Desde a reinauguração foram 23 jogos, com 16 vitórias e sete empates.

Galo

Sem promover mudanças no time titular do Atlético, Cuca aproveitou o treino desta segunda-feira, no gramado do Independência, para fazer testes no ataque, às vésperas da partida contra o São Paulo.


O treinador deixou Diego Tardelli (foto) e Bernard se revezando nos lados do campo, mantendo Jô fixo no ataque. O teste surpreende porque Bernard acabou deixando o lado esquerdo, onde se destacou no Brasileirão do ano passado, para atuar na direita em alguns momentos da atividade.

A alternância pode ser uma forma de confundir a marcação do São Paulo. Além disso, abre mais possibilidades para Cuca. Bernard pode atuar mais avançado, formando um 4-3-3, a exemplo do próprio time são-paulino, ou jogar ao lado de Ronaldinho Gaúcho no meio-campo.

São Paulo

O técnico Ney Franco usou os treinamentos do São Paulo nesta semana para ensaiar algumas jogadas de bola parada que podem fazer a diferença na partida de quarta-feira contra o Atlético. Ele evitou as câmeras para ajeitar o posicionamento de alguns atletas e corrigir algumas falhas.

Apesar do mistério, o treinador confirmou a equipe titular com o lateral-direito Douglas (foto) venceu a concorrência com Aloísio, Cañete e Ganso pela posição que na temporada passada era de Lucas, vendido ao Paris Saint-Germain. Para o comandante tricolor, Douglas é quem mais se aproxima do futebol que Lucas mostrava, pois tem velocidade pelo lado direito.

ATLÉTICO X SÃO PAULO
ATLÉTICO: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Junior César; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho, Bernard; Diego Tardelli e Jô.

Técnico: Cuca

SÃO PAULORogério Ceni; Paulo Miranda, Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson;
Douglas, Luis Fabiano e Osvaldo.
Técnico: Ney Franco

MOTIVO: 1ª rodada da Taça Libertadores / Fase de Grupos


ESTÁDIO: Independência, em Belo Horizonte (MG)


DATA/HORA: 13/02/2013 (quarta), às 22 horas


ÁRBITRO: Marcelo de Lima Henrique (RJ) 


ASSISTENTES: Altemir Hausmann (RS) e Fabrício Vilarinho (GO)



 #VaiPraCimaDelesGalo  #VamuGalo
   
Saudações Alvinegras!

                                                                                             @SamukaS9





0 comentários:

Postar um comentário