4 de mar de 2012

O Galo é o time da virada!

Hoje em Sete Lagoas Galo e América se enfrentaram, ambos os times estavão com 100% de aproveitamento sendo que o Coelho era vice-líder por uma diferença de um gol de saldo.

Como o esperado o jogo foi muito movimentado, os 20 primeiros minutos foram com uma blitz do Galo o América só se defendia, o meio campo estava completamente dominado pelo Galo até que o árbtiro paralisou o jogo para os jogadores se refrescarem pois o sol estava muito quente, na volta da parada técnica o América melhorou e o jogo ficou mais equilibrado com chances para os dois lados. Aos 46 minutos em uma dividida de Richarlyson e Leandro Ferreira o jogador americano foi expulso justamente.

O segundo tempo o Galo veio com uma mudança, o volante Pierre saiu e deu lugar a Serginho. O América voltou no segundo tempo para marcar e tentar sair em velocidade no contra-ataque, e essa tática deu certo até que aos 10 minutos Fábio Jr aproveitou a bola que sobrou e marcou para o América. A partir daí o América só pensou em se defender e o Galo batia na barreira e não conseguia criar chances, o técnico Cuca resolveu agir tirou o Richarlyson e o Mancini e colocou o Guilherme e o Danilinho, depois disso o Galo começou a criar mais chances até que em um lance de sorte Danilinho chutou a bola bateu no zagueiro e sobrou para o Guilherme mandar para dentro do gol. Logo depois foi pressão total do Galo até que Marcos Rocha aproveitou o cruzamento e virou o jogo.

Uma coisa tem que ficar claro, o Galo tá longe de ter um time com condições de ganhar um título à nível nacional, não se pode passar todo esse sufoco para ganhar de um time de segunda divisão com um jogador a mais, o técnico Cuca tem que aproveitar esse tempinho antes de começar a Copa do Brasil para acertar o time e ir em busca desse título inédito.

@diegopantuza

Notas: ( por @thalesEduardo13)

Renan Ribeiro 6,8: Passa insegurança a zaga e a torcida. No geral foi bem, não teve que fazer grandes defesas. Saiu estabanado em dois lances, um deles resultou no gol.

Marcos Rocha 8,5: Para mim mostrou desde o primeiro jogo na sua volta ao Galo que é muito superior ao Carlos Cesar. Titular absoluto e um dos melhores na posição do país. Saiu do seus pés as principais jogadas do ataque do Galo. Participou do primeiro gol e ainda anotou o seu.

Réver 8,0: Como sempre um monstro na zaga. O melhor zagueiro do páis, habilidoso, calmo, agil e de bom cabeceio. Utilizou todas as suas qualidades para parar o ataque americano.

Rafael Marques 7,4: Sempre muito seguro, deu bobera em alguns lances de saída de bola, mas seus erros não resultaram em gol. Pelo alto é sempre muito bem.

Richarlyson 7,4: Surpreendeu no ataque, acertou os cruzamentos que tenou, e até deu dribles. seguro na zaga. Subistituído por opção tática para dar ofensividade ao time.

Leandro Donizete 7,0: Errou no lance do gol americano, mas isso não apagou o bom jogo que fez. Soube dar qualidade na saída de bola e junto de seus companheiros de defesa não deixou que os adversários chegassem perto da área.

Pierre 7,1: Guerreiro, marcou em cima, não perdeu nenhuma dividida. Joga com o coração do jeito que a Massa gosta. Se não estivesse presente nos 6 a 1 com certeza seria candidato a ídolo fácil. Mas claro que um título de ponta resolveria.

Escudero 7,8: Joga muito. Argentino de qualidade, mas que como todo canhoto, não sabe usar a perna direita. Só não faz gol por que não chuta muito, mas em compensação tem 5 assistências em 5 jogos. Média que garante com certeza a titularidade e o respeito da torcida.

Mancini 6,6: Desde o último jogo afirmei: Mancini não é jogador de meio de campo! Como sempre errou vários passes, pouca velocidade o deixa perdido entre os meninos na frente. Está em boa fase, mas tem que jogar perto do gol, apenas para finalizar e concluir jogadas. Camisa 10 não é a dele.

André 7,0: Não pode ser julgado pelo ultimo jogo. Naquela ocasião concluiu a gol todas as chances que teve. Nesse jogo as chances se resumiram em uma, defendida pelo goleiro.

Berola 6,8: Mais uma vez foi fominha, e egoísta ao extremo. Perdeu gols no primeiro tempo e no segundo não conseguiu levar perigo ao adversário. Precisa melhorar, ta devendo muito.

Guilherme 7,3: Entrou e teve estrela. Num momento do jogo onde não havia mais tática, a bola sobrou para ele que bateu seco e fez o gol de empate.

Danilinho 6,9: Participou do gol, mas sentiu a falta de ritmo e a volta ao futebol brasileiro. Tem tudo para melhorar.

Serginho 6,9: Entrou bem, na vaga de Pierre que estava amarelado. Jogou um tempo inteiro. Apesar de deixar o América explorar os contra-ataques ele esteve bem.

E vocês, que nota dariam aos jogadores? Acharam justo? Comentem!



0 comentários:

Postar um comentário