3 de abr de 2011

Um jogo para mudar o emocional do time

Por @larissafreitasc


Ninguém pode negar que as últimas semanas foram um desastre para o Galo. Partidas com péssimas atuações e vários índices de crise interna com a saída de 3 jogadores: Jóbson, Ricardinho e Zé Luís. A verdade é que o futebol e o emocional do time do Galo estão críticos diante dessas situações e o time precisa urgentemente de pelo menos uns 6 reforços até o final dessa semana.
O jogo de hoje era a chance de apresentar um bom futebol e melhorar o astral do time e da torcida. Em partes, foi o que aconteceu. O time mostrou mais raça e um melhor entrosamento do que nos jogos anteriores, mas ainda tem muito que melhorar.
Esta semana promete ser bem agitada na Cidade do Galo. A torcida espera várias contratações pra substituir os jogadores que saíram.
O jogo em si foi bom diante ás circunstâncias. O Galo começou o jogo com uma postura bem diferente da dos jogos anteriores e com 10 minutos abriu o placar com Magno Alves, depois de um ótimo passe de Renan Oliveira. O segundo gol atleticano saiu aos 36 minutos. Serginho cobrou falta na cabeça de Magno Alves. Após defesa de Vilar, Réver pegou o rebote e empurrou para as redes. Aos 40 minutos o Democrata diminuiu com Fernandão.
O Galo ainda teve mais duas oportunidades no primeiro tempo, mas não conseguiu aproveitar as chances.
O segundo tempo continuou com um bom ritmo e o Atlético fez 3x1, de pênalti, com Neto Berola.
Essa vitória colocou o Galo na vice liderança de novo, com 5 pontos e um jogo a menos que o líder.

Que essa semana o Kalil anuncie bons nomes que cheguem para jogar e se dedicar totalmente ao Atlético!

Boa semana para a massa!

2 comentários:

É isso aí! vamo Galoooooo, eu acredito!

Opa!
Falou te algo que nao pode ser esquecido.O emocional.Para uma volta por cima,que é o que precisamos,é preciso um emocional forte...qualidade e padrão de jogo ainda faltam.Se não vierem contratações pontuais,o jeito vai ser botar fé na garotada.

Postar um comentário