28 de dez de 2010

Seleção Melhores do Ano: 2010


Goleiro: Renan Ribeiro

O ano começou com o revezamento entre Carini e Aranha, e se estendeu até o final do mineiro. No inicio do Brasileiro Marcelo foi contratado, em 4 jogos sofreu 10 gols. Fabio Costa foi chamado pra solucionar o problema. No inicio deu certo. Mas com o passar dos jogos, as falhas se sobressaíram às defesas. Com a chegada de Dorival Junior, a diretoria impôs a estréia do jovem goleiro, que com belas atuações ganhou ainda mais respeito da torcida alvinegra. Comandou a zaga e nos livrou da Segunda divisão. Por mostrar maturidade quando ninguém acreditava Renan Ribeiro se tornou titular absoluto do gol do Galo e para os torcedores foi o Melhor Goleiro do ano de 2010.

Lateral Direito: Coelho

Mesmo jogando apenas um semestre, Coelho foi eleito o melhor da sua posição. EM sua terceira passagem pelo Galo, Coelho conquistou seu segundo campeonato Mineiro. Passagem discreta, mas com boas atuações. Sua irregularidade foi crucial para que a torcida e o ex-treinador do clube o mandassem embora. Como depois de sua saída, ninguém se manteve na posição, Coelho foi o Melhor Lateral direito de 2010.

Zagueiro: Rever

Rever chegou em Julho, mas só estreou no final de agosto . Mesmo assim foi considerado um dos melhores do campeonato em sua posição, ficando em segundo lugar entre todos que jogaram a Serie A. Rever com a chegada de Dorival se tornou capitão do time e ganhou a confiança da torcida. Rápido, Alto, habilidoso e mostrando muita “raça”, ganhou a confiança da torcida e com a fraca concorrência, já que a zaga foi uma das piores do campeonato, Rever foi o Melhor Zagueiro de 2010.

Zagueiro: Werley

Titular desde o inicio do ano, Werley desbancou grandes nomes, como Cáceres, Jairo Campos e Lima. Foi o jogador que mais vestiu a camisa do Atlético em 2010. Mesmo sob desconfiança do torcedor, se manteve firme e no final do campeonato brasileiro teve seus esforços reconhecidos pelo torcedor, que o elegeu o segundo Melhor Zagueiro de 2010.

Lateral Esquerdo: Leandro

Como Werley, foi titular desde o inicio da temporada, só perdendo a posição enquanto esteve machucado. Foi campeão Mineiro e ajudou o Galo a fugir do rebaixamento. Sempre bem humorado é considerado por muitos no futebol um grande amigo, pois por onde passa, sempre deixa boas lembranças. No Galo não foi diferente, teve seu trabalho reconhecido e foi eleito o Melhor Lateral Esquerdo de 2010.

Volante: Zé Luis

Uma das posições mais qualificadas do grupo no ano, mas Zé Luis conseguiu se destacar e agradou o torcedor. Está é sua segunda passagem pelo clube. Jogador de raça, ele também sabe sair jogando e ajuda a armar contra-ataques. Pela vontade e por ser titular desde sua primeira partida desde que foi confirmada a sua volta, Zé Luis foi considerado o Melhor Volante de 2010.

Volante: Serginho

Serginho se recuperou de uma cirurgia no joelho que o impediu de terminar o ano de 2009 e só voltou aos gramados no meio deste ano. Não mostrou o velho futebol, que levaram a torcida a dizer que Serginho poderia ser um dos volantes da próxima copa do mundo. Mas mesmo assim conseguiu a confiança dos treinadores e foi titular ate o final do ano. Em uma disputa acirrada com Correa e Jonílson, Serginho foi eleito o segundo Melhor Volante de 2010.

Meia: Diego Souza

Contratado no meio do ano e considerado a maior contratação dos clubes brasileiros, Diego Souza não rendeu o esperado. Foi várias vezes criticado pelo torcedor. Com a chegada de Dorival Junior, como todo o grupo, começou render mais, a chamar o jogo e se tornar uma das principais armas do Atlético. Com gol decisivos, assistências e mostrando muita vontade, Diego Souza foi eleito pelos torcedores o Melhor Meia de 2010.

Meia: Renan Oliveira

Começou o ano muito bem, sendo titular algumas vezes, fazendo gols e boas partidas. Quando acabou o campeonato Mineiro, não foi mais aproveitado por Luxemburgo e foi emprestado ao Vitória. Retornou a pedido de Dorival Junior e aproveitou a oportunidade. Foi titular até o final do ano, marcando gols decisivos e fazendo boas partidas. Pelo belo final de ano, ajudando a equipe a se livrar do rebaixamento, Renan Oliveira foi eleito o segundo Melhor Meia de 2010.

Atacante: Obina

Contratado no final de Janeiro, Obina foi destaque no campeonato Mineiro e na Copa do Brasil. Chegou a fazer 5 gols no mesmo jogo, e foi um dos artilheiros do time no campeonato mineiro. Em abril, sofreu uma contusão que o afastou até setembro quando voltou voando. Foi o artilheiro da equipe no Brasileiro, fez 3 gols no Clássico contra o maior rival e por isso, Obina foi eleito o Melhor Atacante de 2010.

Atacante: Diego Tardelli

Não teve um inicio como no ano passado, mas foi um dos destaques da equipe no Mineiro. Destacou-se também na Copa do Brasil, marcando 3 gols contra o Santos. No brasileiro, como toda a equipe, não rendeu o esperado. No final da temporada teve boas partidas, marcando gols e dando assistências precisas. Pelo que foi feito no inicio do ano, Diego Tardelli foi considerado o segundo Melhor Atacante de 2010.

Revelação: Renan Ribeiro

Todos pediam sua promoção desde o ano passado. Passaram 5 goleiros e nenhum resolveu. A primeira mudança que Dorival realizou no Atlético foi a promoção do jovem goleiro que conquistou seu espaço e a confiança não só do torcedor como da equipe inteira. Renan foi com certeza o destaque do Galo no segundo semestre de 2010.

Bola Murcha: Ricardo Bueno

Abrimos espaço também ao humorista do ano. Aquele que foi o melhor em fazer a Massa ter raiva e vontade de matá-lo. Esse foi uma das eleições mais apertadas, com grandes concorrentes como Fernandinho e Diego Macedo, Bueno foi sem dúvidas o que mais irritou a Massa.

Bola Cheia: Renan Ribeiro

Destaque do time. Com a chegada de Dorival, Renan Ribeiro foi o mais elogiado pela torcida.

Galo de Prata do Ano: Marques

Marques foi sem dúvida o jogador que emocionou à Massa esse ano. Depois de uma grande história no clube, conquistou seu ultimo título na carreira com direito a gol na decisão. Infelizmente foi obrigado a encerrar a carreira, mas ficará sem dúvida na memória do torcedor e na história do clube. Parabéns Marques, nosso eterno ídolo!




4 comentários:

Pra bola murcha deveria ter mais opções. Tipo, 1°, 2° e 3° lugar. Pq tem o Cruzes, o Futebol Muleque e o Fernandinho. Difícil saber quem é mais ruim.

@wellisonkerley

Destaques do ano concerteza: Marques e Renan!

E Obina né?! 3 gols no classico!

@KaioNikolas

Bola murcha foi Fabio Costa, Goleiro BI campeão brasileiro, ja foi pra seleção e faz um papelão desses no #galo


@_FelipeHenrique

Ricardo Bueno devia ganhar não só o Bola Murcha,mas também o Inacreditavel Futebol Clube. #VAIEMBORA

@KnotTuliio

Postar um comentário