13 de mai de 2012

Campeão Invicto! Comemore Massa!


Fim de jogo! Galo é campeão mineiro invicto! Feito para nos deixar orgulhosos. E não se intimidem, não se acanhem, gritem, solte do peito o "É Campeão!". Vencer o Campeonato Mineiro não é vergonha, vexame é não vencê-lo. É o 41º título estadual e somos o campeão número 100 do campeonato Mineiro. Orgulhem-se Massa, pois onde essa camisa estiver eu estarei com ela!

Galo foi supeior nos dois jogos, dominou e dessa vez tudo deu certo. Galo goleou e massacrou o Merreca. Time fraco, sem torcida e freguês.

Parabéns a maior torcida de Minas e a mais apaixonada do Brasil. A Massa desde antes do jogo fez a festa, entoou cantos antigos da Galoucura, empurrou o time desde o primeiro minuto e foi recompensada. A torcida fez a sua parte, lotou o seu lado do estádio e ainda levou quase 2 mil pessoas a se abrigarem no lado do adversário.

Foi lindo de se ver. E o time pareceu sentir isso. O time entrou empolgado, vibrante, com raça, sangue nos olhos e vontade de vencer. Coisa que a tempos não víamos. Comandados por Mancini, atleticano assumido, o time correspondeu as espectativas e dominou o jogo. Guilherme que entrou e saiu lesionado mostrou o que é ser jogador alvinegro, mostrou a raça e a entrega que a torcida espera dele.Saiu aplaudido.

Pierre, Réver, Richarlyson, Serginho, Bernard e Lima foram verdadeiros guerreiros em campo. Não tinha bola perdida, não tinha tempo ruim, ninguém se omitiu.

O time foi perfeito em campo e nos deixa um sabor de que podemos almejar algo no brasileirão, isso caso os reforços anunciados e especulados pela imprensa cheguem e joguem o que sabem. Forlán e Junior Cesar, além de um goleiro completariam o elenco do Galo, que se não tiver excesso de lesões como esse momento agora, poderá sim conseguir uma vaga na Libertadores do ano 2013.

Agora e descansar, sonhar essa noite com a festa, sonhar com nosso futuro próximo e esperar que dias melhores voltem! #GaloSempre



@ThalesEduardo13

Giovanni nota 7,0: Sempre seguro, passou confiança a defesa e a torcida.

Marcos Rocha nota 7,1: Muito bom no apoio ao ataque, ficou o segundo tempo todo só do meio pra frente. Muito boa partida.

Réver nota 8,0: Seguro, passou tranquilidade a todos, não perdeu nenhuma dividida, ganhou bolas pelo ar, e honrou o canto de melhor do Brasil.

Rafael Marques 7,2: Seguro, ganhou várias bolas, mas não tem a classe do companheiro. Fez boa partida.

Richarlyson 8,0: Talvez sua melhor partida pelo Galo. Depois de vários jogos mal, ele foi um das melhores em campo, dando até lençol no adversário.

Pierre nota 8,2: Guerreiro, ganhou muita moral com o grupo, e se continuar assim poderá rapadamente se tornar ídolo do clube. E não me venham criticar, pois nossos maiores ídolos também só possuem campeonato estadual.

Serginho nota 7,7: Fez o gol, e além dele várias jogadas de perigo. Na marcação foi muito bem, lembrando o Serginho de 2008, quando foi revelado e de 2009 sua melhor fase.

Danilinho nota 6,9: destoou da equipe. Não foi criativo e perdeu um gol incrível.

Bernard nota 8,6: Melhor em campo por marcar dois gols. Mas tem que melhorar MUITO, por que ainda é muito fraco e muito limitado tecnicamente.

Guilherme nota 7,6: Muito bem em campo, jogou apenas o primeiro tempo, mas pra quem estava lesionado e sentindo dores, fez uma partida de gala e foi de um chutaço seu que o Galo abriu o placar no rebote.

Mancini nota 7,6: Sempre muito bem na bola parada se destacou mais na garra e vontade do que em campo. Não pode ser titular, mas é um grande jogador de grupo e mais do que ninguém saberá passar aos mais jovens o que é ser atleticano.

Lima nota 7,2: Entrou e mostrou habilidade e vontade. Merece renovar contrato sim.

Leleu nota 6,8: A nota já diz tudo. Jogador fraco e limitado.


Paulo Henrique sem nota: Não teve tempo de mostrar seu futebol.



*Imagens Superesportes

0 comentários:

Postar um comentário