28 de abr de 2012

Com o coração na mão, mais uma vez!


Hoje Galo e Tupi jogaram o segundo jogo da semi-final do campeonato mineiro na arena do Jacaré, o Atlético poderia até empatar que se classificava já o time do "litoral" precisava da vitória.

O jogo começou com o Tupi atraindo o Galo para o seu campo de defesa para tentar sair nos contra ataques, mas como nos últimos jogos o meio campo atleticano estava sem nenhuma criatividade e o time apenas ficava tocando a bola de um lado para o outro, e ainda sofria com alguns ataques do time de Juiz de Fora, e foi assim durante todo o primeiro tempo.

No segundo tempo o técnico Cuca colocou Serginho para tentar dar mais movimentação ao meio campo do time, mas pouco adiantou os primeiros 20 minutos foram como o torcedor do Galo está acostumado, muito sofrimento, o time foi pressionado pelo Tupi, cometia erros básicos de marcação e Léo Salino teve duas grandes chances de deixar o time do interior na frente, mas para a sorte do Galo uma delas bateu na trave e não entrou, essa pressão continuou até o Cuca tirar o meia Escudero que mais uma vez jogou muito mal, e colar o Mancini que assim que entrou deu um ânimo novo ao time, que aos 25 minutos chegou ao gol, em um cruzamento de Danilinho o atacante André aproveitou de cabeça, GALO 1x0, e a massa finalmente podia respirar aliviada. O restante do jogo foi com o Galo cozinhando o jogo, e o Tupi tentando atacar mas não com o mesmo ânimo de antes, Galo classificado para a final do campeonato mineiro. Como sempre com muito sofrimento, não importa se está enfrentando um time de Série C, B ou A, as vitórias e classificações são sempre sofridas.

Notas para os jogadores:
Giovanni: 8, não tomou gol e quando foi exigido conseguiu não tomar o gol, mas está com algumas coisas a serem corrigidas ainda.
Réver: 9, muito seguro lá atrás, no momento em que os meias estavam cochilando foi pra cima e conseguiu armar algumas jogadas. Com toda certeza um dos melhores zagueiros do Brasil atualmente.
Lima: 6, bem melhor que o Luiz Eduardo e conseguiu ajudar o seu companheiro de zaga, mas ainda precisa pegar ritmo de jogo.
Marcos Rocha: 3, mais uma vez uma atuação muito ruim, não contribuindo com a saída de bola e falhando defensivamente, na minha opinião já passou da hora de ir para o banco.
Richarlyson: 3, atuação parecida com a do Marcos Rocha, não apoiou e nem defendeu bem, alem disso continua achando que sabe chutar para o gol, esse aí eu nem sei o porque de estar no Galo até hoje.
Leandro Donizete: 5, conseguiu defender bem ajudando a defesa, mas continua errando muitos passes e lento na saída de bola.
Felipe Soutto: 6, conseguiu ajudar defensivamente, e era um dos poucos que conseguia criar alguma coisa no meio campo. Infelizmente saiu machucado vamos torcer para que não seja nada grave.
Danilinho: 6,5, não conseguiu ajudar o time a criar jogadas e não tá conseguindo usar sua principal característica que é a velocidade, mas foi decisivo ao dar o passe para André, por isso merece essa nota.
Bernard: 6, começou bem o jogo mas depois caiu muito de produção, ainda tem muito a melhorar e todos nós sabemos que ele tem futebol.
Escudero: 2, terrível, parece se esconder do jogo, não ajuda o time em nada ofensivamente e nem defensivamente, se não começar a jogar bola pode voltar para a Argentina.
André: 7, para ele jogar precisa que a bola chegue com qualidade, e como o meio campo não está inspirado à alguns jogos fica difícil dele jogar. Mesmo assim, nas poucas bolas que chegaram ele conseguiu aproveitar e marcar o gol da vitória.
Neto Berola: 5, entrou à pedido da torcida mas não conseguiu mostrar o futebol que tem.
Mancini:6,5. depois que entrou o time mudou a postura e conseguiu chegar ao gol, se continuar assim sem dúvida alguma tem que ser o titular.
Serginho:5, tentou dar mais velocidade ao time mas não conseguiu, ajudou defensivamente por isso ganha essa nota.

@diegopantuza


0 comentários:

Postar um comentário