18 de dez de 2010

O Filho do Vento


Euller Elias de Carvalho. Um garoto que nasceu em 15 de março de1971, ano em que o Galo conquistara seu maior título, e no mês em que o completariamos 63 anos de história.
Nascido em Felixlândia, ainda iria fazer a Maior do Mundo sorrir bastante.

De Felixlândia para o Mundo. Euller foi para capital, se profissionalizou no América, onde tambem fez história, e foi lá em que ganhou o apelido que o marcaria por toda a vida: "Filho do Vento", apelido ganhado do Grande Willy Gonser.

Ele saiu de Minas, mas não se adaptou, voltou para Bh, dessa vez para o maior clube da cidade. Lá ficou 3 anos, conquistando apenas um Campeonato Mineiro. Mas não foi por títulos que foi considerado um dos maiores atacantes a vestir a camisa alvinegra. Com belas jogadas, tabelas, assistencias e gols, ele conquistou o carinho do torcedor do Galo.

Euller, o Filho do vento, fazia chover gols. Gols de Valdire, de Renaldo. Foi o melhor parceiro com quem Romário ja jogou.

Voltou ao Atlético em 2005, no trágico ano alvinegro. O time não conseguia render, não queria render. Mas Euller sempre tentava, de todas as formas fazer o Galo sair vencedor. Por isso, ganhou ainda mais respeito do torcedor, mostrou um grande carater, mostrou amor e garra a camisa alvinegra.



Despediu-se do Galo, no mesmo ano de sua volta. No ultimo jogo do brasileirão daquele ano, com o Galo já rebeixado. O alvinegro venceu por 3x1, e Euller marcou seus 2 ultimos gols pelo Galo.

Parabéns ao filho do vento, por sua garra, determinação, habilidade e belas jogas. Obrigado por Fazer parte da história do Maior de Minas: o Clube Atlético Mineiro!

1 comentários:

O Euller é um jogador fora de série, é um daqueles que raramente vemos hoje em dia, que faz seu trabalho com amor e dedicação, Eu o vi torcer pelo Galo quando jogava por outros times, o vi chorar em 2005, eu cantei o nome dele junto à Massa no Mineirão quando de seu último confronto contra o Galo! "Filho do veeeeeeeeeeeeento; EU EU EU EULLER!!!"

-- http://noticiagalo.blogspot.com

Postar um comentário